>Uma Comédia Nada Romântica (Date Movie, 2006)

>

Os filmes da série “Todo Mundo em Pânico” recuperaram, ainda no início desta década, um gênero que andava meio desaparecido: aquele que se propõe a fazer paródias de situações que foram retratadas em filmes que fizeram muito sucesso nas bilheterias. O alvo especial dos criadores dessa série eram os filmes de terror. Com “Uma Comédia Nada Romântica”, filme do diretor Aaron Seltzer (que também co-roteirizou o filme ao lado de Jason Friedberg), as comédias românticas – talvez o gênero cinematográfico mais popular – passaram a ser os objetos de piadas.

As paródias são inseridas como um meio de ilustrar a história das duas personagens principais do filme: a garçonete Julia Jones (Alyson Hannigan, que fez a série “American Pie”), uma mocinha romântica à moda antiga – e que acredita que o príncipe encantado vai aparecer com sua armadura prateada num cavalo branco; e Grant Funckyerdoder (Adam Campbell), a pessoa que Julia acredita ser o seu príncipe encantado.

Julia e Grant se apaixonam num programa estilo “The Bachelor” e planejam o seu casamento, o que faz com que o filme seja considerado uma paródia de “Entrando Numa Fria” e “Entrando Numa Fria Maior Ainda”, tendo em vista que, neste processo, os dois irão conhecer as suas respectivas famílias. No entanto, no meio da história de amor de Julia e Grant ainda encontramos cenas pontuadas de referências aos filmes de comédia romântica que mais obtiveram sucesso nos últimos anos, como: “O Diário de Bridget Jones”, “Doce Lar”, “Casamento Grego”, “Um Casamento à Indiana”, “O Casamento do Meu Melhor Amigo”, “Uma Linda Mulher”, “Penetras Bons de Bico”, “Um Lugar Chamado Notting Hill”, “Sr. e Sra. Smith”, “Sintonia de Amor”, dentre outros.

“Uma Comédia Nada Romântica” ainda faz referências a comerciais de TV, como o de uma rede de lanchonetes dos Estados Unidos e que foi protagonizado pela socialite Paris Hilton e que também foi recentemente parodiado no clipe “Stupid Girls”, da cantora Pink; e a programas de TV, como “Pimp My Ride”, da MTV, que transforma carros velhos em máquinas novas, potentes e modernas. E ainda recebe a participação especial de personalidades que só se destacam nesse tipo de filme, como a dublê de atriz Carmen Electra.

"Uma Comédia Nada Romântica” é um filme que tem a mesma estrutura das películas da série “Todo Mundo em Pânico” – por isso não faz questão de ter nexo algum, é uma diversão descompromissada e que se apóia basicamente naquelas situações de comédia escatológica e nas piadas de extremo mau gosto. Se você gosta desse tipo de filme, então irá aguardar com ansiedade o mês de abril, quando “Todo Mundo em Pânico 4” estréia na salas de cinema de todo o Brasil. Mas, se você quer fugir de filmes como “Uma Comédia Nada Romântica”, então assista ao brasileiro “Como Fazer um Filme de Amor”, de José Roberto Torero, que brinca com os filmes de comédia romântica de maneira bem mais inteligente – ao mostrar a receita para se fazer um bom filme do gênero.

Crédito: Yahoo! Movies

Deixe uma resposta