A Era do Gelo 3

publicado em:4/08/09 10:42 PM por: Kamila Azevedo Cinema

Da última vez em que encontramos o grupo de animais que protagonizam a série “A Era do Gelo”, o qual é formado pelo tigre dente-de-sabre Diego (dublado por Denis Leary), pelo mamute Manny (dublado por Ray Romano) e pelo bicho-preguiça Sid (dublado por John Leguizamo), eles estavam lidando com sérios problemas, como o aquecimento global e o consequente derretimento das calotas polares, bem como com a possibilidade da extinção dos animais. 

Apesar disso, uma constante dos filmes da série é o reforço da figura da família, uma vez que os roteiros dos longas sempre mostram os três personagens se unindo e se apoiando um no outro para superar os problemas que enfrentam. Não é diferente neste “A Era do Gelo 3”, o qual é dirigido pelo brasileiro Carlos Saldanha. Manny, por exemplo, está prestes a formar a sua própria família com Ellie (dublada por Queen Latifah), a sua esposa que está grávida. Por causa disso, Diego e Sid se sentem meio que deixados de lado e vão em busca de seu próprio caminho. 

Quando eu era pequena e assistia aos desenhos animados, uma das coisas que aprendi rapidamente é que, por mais que a mãe não esteja presente ao lado de seus ovos fecundados, não devemos mexer com eles tendo em mente a premissa de que ela, talvez, os tenha abandonado – os ovos estão ali como uma forma de proteção e de conforto, uma vez que a mãe irá encontrar os filhos assim que eles nascerem. Obviamente, Sid não aprendeu a mesma lição e vai inventar de mexer com ovos fecundados de uma dinossauro. Em consequência disso, o bicho-preguiça causa a ira da futura mãe e vai ter que ser resgatado pelos seus amigos em um mundo subterrâneo, que muito lembra aquele de uma era bastante anterior à do gelo. 

Como já foi mencionado, os temas explorados em “A Era do Gelo 3” são muito familiares àqueles que já vêm acompanhando esta série. O interessante é perceber que a aparente falta de criatividade dos roteiristas não incomoda, uma vez que, aqui, estamos lidando com personagens que possuem um carisma próprio e que sabem nos conquistar. O que chateia aqui, surpreendentemente, é a subtrama protagonizada por Scrat (aquele simpático esquilo que estrela os curtas que servem como teaser para todos os filmes da franquia). Muitas vezes, a historinha dele fica solta e independente demais de “A Era do Gelo 3” e, por isso, talvez, funcionasse melhor como um curta próprio. 

Cotação: 7,0 

A Era do Gelo 3 (Ice Age: Dawn of the Dinosaurs, 2009)
Diretor: Carlos Saldanha, com a co-direção de Mike Thurmeier
Roteiro: Peter Ackerman, Michael Berg, Yoni Brenner, Mike Reiss (com base na história de Jason Carter Eaton)
Com as vozes de: Bill Hader, Queen Latifah, Denis Leary, John Leguizamo, Jane Lynch, Simon Pegg, Ray Romano, Seann William Scott, Kristen Wiig



Kamila Azevedo

Jornalista e Publicitária



Comentários


Não gostei nada do primeiro, nem me arrisquei a continuar na risca do gelo … Nem vi as continuações.

Responder

Achei que esse filme é o elo mais fraco da trilogia – até aqui. O primeiro filme é divertido e original, a partir disso são apenas caça-níqueis. Mas o segundo ainda divertia. Esse terceiro é meio confuso e algumas coisas ficam no ar ao final da projeção. Concordo com a sua nota 7. Abraço.

Responder

Eu achei bem legal, mas não bate o primeiro filme da trilogia. Talvez tenha faltado algo a mais mesmo, ccriatividade, omo você bem disse no texto.

Até mais, Kamila!

Responder

concordo com a nota e ainda continuo achando essas continuações desnecessárias. mas fazer o que né? esse povo tá afim é de arrecadar dinheiro.. E q fofinha a Kamilinha assistindo desenho animado e tirando conclusões sobre a ‘mamae’ da historia! o Sid precisa andar mais com vc! ahahahhahaa
bjs!

Responder

Pedro, concordo que faltou criatividade. Até mais!

Marcel, eu fui criança também e assistia desenho animado também. 🙂 Fiquei indignada quando o Sid fez aquilo. Eu sabia que ia dar algo muito errado. rsrsrsrsrsrsrs Beijos!

Responder

ola
desculpa a demora em vim aki dinovo
intaum nem sabia q a voz do manny era do ray romano…fazia tempo q naum via ele heheh

aparece no blog
artigo sobre humor negro
bjooo

Responder

Eu gosto bastante dos dois filmes anteriores, mas nao me empolguei pra ver esse no cinema. Pelo visto parece ser (quase) tao engracado quanto os anteriores.

Responder

Airton, o Ray anda mesmo sumido desde o término de “Everybody Loves Raymond”. Beijo!

Otavio, obrigada pelo post. Vou lê-lo agora. Beijos!

Romeika, é engraçado, mas tem partes chatas.

Responder

O filme é bem delicioso de se assistir e não tem aquele ranço de preocupações ambientais. É mais uma aventura bem-humorada e divertida.

Responder

A Era do Gelo 3? Não sabia! As vezes me acho um sem-noção com tantas sequencias.

Kamila, não li no seu texto, mas é da Pixar?

Responder

Eu respondo ao Cassiano: A ERA DO GELO 3 é da Blue Sky Studios, que tem o brasileiro Carlos Saldanha. Eles também fizeram ROBÔS. A distribuição é da Fox. Neste ano, a Pixar lança UP, que chega aqui em setembro.

A grande briga entre as animações do ano em termos de premiação deve ficar entre UP e PONYO, do gênio Hayao Miyazaki. Mas não sei o que a Kamila pensa dessa minha aposta.

Abs!

Responder

Rafael Carvalho, por isso mesmo ele acaba funcionando.

Cassiano, não. Como o Otavio mesmo disse é da Blue Sky Studios, um braço da Fox. Obrigada, hein, Otavio, pela ajuda!!! E acho que “Up” deve vencer o Oscar 2010 de animação. Não sei se “Ponyo” chega lá, infelizmente.

Responder

Ka, eu achei bem simpático o filme. Ri bastante, mas realmente acho que é MUITO inferior aos anteriores. Scrat é a estrela mais importante, sem dúvidas! E me pergunto se o filme seria legal sem ele…

Beijos!

Responder

Háááá! Fui ver no cinema esse!
Achei hilário! Ri o filme todo e ameeeeeeeeeeeeei 🙂

Responder

Amei esse filme, assiste na estreia e em 3D…foi muito divertido e fico muito feliz desse filme liderar as bilheterias brasileiras….

Responder

Kau, Scrat, estrela??? DISCORDO totalmente, especialmente no caso desse filme. Beijos!

Thaís, que legal!

Paloma, eu queria poder ter conferido este filme em 3D. Deve dar um efeito todo diferente.

Responder

AINDA NÃO VI, MAS ME DÊ A SUA OPINIÃO SOBRE O SEGUINTE: APESAR DO SCRAT MERECER UM CURTA PRÓPRIO, SUA HISTÓRIA É MAIS INTERESSANTE DO QUE A DOS DEMAIS PERSONAGENS?

BEIJOS

Responder

olá Kamila

eu gostei do filme visto do ponto de uma comédia despretenciosa

eu acho a estória fraca, mas é muito bem reforçada por gags que variam do pastelão até piadas ‘mais refinadas’

pra mim não difere tanto do segundo filme

dá pra se divertir legal

escrevi um texto sobre ele também no Bloganimazonando

Responder

Brenno, não é mais interessante que as dos demais personagens. Beijos!

Jonathan, eu concordo com vários de seus pontos, especialmente com a história das gags.

Responder

Olá, Kamila! tudo bem?

Tivemos opiniões em comum, e também a nota. Achei o filme uma diversão descompromissada para levar pequenos (meu irmão adorou mais que eu, rsrsrs.) E para ser sincera, gostei mais do Buck do que do Scrat desta vez, rsrsrs.

Beijos! 😉

Responder

Mayara, tudo bem, obrigada. E com você? O filme é uma diversão descompromissada, sim. E concordo contigo sobre o Buck e o Scrat. Beijos!

Responder

Como já comentei em outros blogs, não tenho muita expectativa para esse filme, até porque não gostei nada do segundo (apesar do primeiro ser ótimo). Acho que só verei mesmo por causa do Carlos Saldanha – ver um brasileiro dirigir uma produção que já fez mais de 700 milhões em bilheteria ao redor do mundo é motivo de orgulho para nós!

Responder

Vinícius, eu vi mais o filme por causa do Carlos Saldanha. Para prestigiar o brasileiro!

Responder

Assim, nao sou fã da franquia, mas admito, me diverti mais nesse ultimo do que nos outros filmes anteriores. E tive a sorte de nao encarar a voz irritante de Tadeu Melo da dublagem dai (a moça que dublou a Ellie tem uma voz encantadora). É bem divertido e tem ótimas sequencias principalmente quando entra Buck, o melhor de todo o filme.

Mas, se for comparar aos outros filmes de animação do ano como Valsa Com Bashir, Fear(s) of The Dark, Ponyo E o Segredo da Sereia e UP … A Era do Gelo tá beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeem longe desse seleto grupo … mas realmente é bom ver que um brasileiro conseguiu conquistar o mundo e (por que nao?) levantar a moral da Fox que está na fossa …

Abraços

Responder

João Paulo, eu nem me liguei nas pessoas que estavam fazendo a dublagem nacional. 🙂 Eu concordo contigo. É bom ver um brasileiro com um lugar de destaque lá fora. O Carlos Saldanha vai longe! Abraços!

Responder

A primeira animação se passa há mais de 20 mil anos, quando a Terra ainda era um surpreendente mundo pré-histórico. Era o início da “Era do Gelo”, e os enormes animais do planeta começavam a migrar para o Sul, fugindo do congelamento. Nesse cenário surge Manfred, um mamute enorme e solitário, que vai contra o fluxo de todos os outros animais. É durante o começo de sua jornada pessoal que ele conhece Sid, um bicho preguiça folgado e atrapalhado, que acaba tomando-o como protetor, após ser salvo de enormes búfalos. Já no segundo filme, a era glacial está chegando ao fim e, com isso, surge em todo lugar gêiseres e verdadeiros parques aquáticos. O mamute Manfred, o tigre Diego e o bicho-preguiça Sid logo descobrem que toneladas de gelo estão prestes a derreter, o que inundaria o vale em que vivem. Com isso, o trio de amigos precisa correr para avisar a todos do perigo e ainda encontrar um local em que não corram riscos. “A Era do Gelo 3”, os responsáveis pela saga resolveram descobrir, por baixo deles, todo um novo mundo colorido, cheio de cascatas e altamente arborizado, com toda uma panóplia de novas criaturas, onde os dinossauros continuaram a sua existência. Precisões científicas à parte desenvolveram novas técnicas de animação e maravilhar o espectador com um turbilhão de cor e movimento, ainda mais se acrescentarem grandes e prolongadas cenas de ação. As gargalhadas ficam a cargo de uma nova personagem: Buck, uma doninha agitada de um olho só, com sotaque inglês caçadora de dinossauros. Até o esquilo é envolvido na trama, seduzido e traído por uma esquila sensual que no fim o subjuga à tirania matrimonial feminina. Restam de fato os cenários ricos e a animação competente e trepidante. Mas nesta altura, pensava que os estúdios que apostam na animação já tinham percebido que um bom filme de animação não se resume a isto; pelo contrário, baseia-se num argumento consistente e em personagens fortes! A turma se aventura por um misterioso mundo subterrâneo, onde acabam deparando com dinossauros, lutam contra estranhas plantas assassinas. Enfim, em minha opinião, pela aventura eletrizante, este filme supera os outros dois primeiros. Nota: 10,0

Responder

a dorei os filmes a era do gelo, a era do gelo 2,e a mais fantastica a do
gelo 3É um filme muito legal!!!! É um filme sem esplicasão

Responder

Deixe uma resposta