Tenha Fé*

publicado em:3/04/13 12:35 AM por: Kamila Azevedo Filmes

Quando decidiu fazer a sua estréia na direção de um longa-metragem, no início da década passada, quando sua carreira estava no auge, com duas indicações ao Oscar no currículo, o ator Edward Norton se deparou com um roteiro de um velho amigo chamado Stuart Blumberg intitulado “Tenha Fé”. Acostumado a atuar em histórias densas, Norton ficou muito preocupado com o tom de comédia romântica da trama escrita pelo amigo e procurou o conselho de dois diretores com os quais trabalhou anteriormente: Milos Forman (em “O Povo Contra Larry Flynt”) e David Fincher (em “Clube da Luta’). Os dois foram unânimes em suas opiniões: Edward deveria aproveitar a oportunidade para aprender. O roteiro certo, eles disseram, viria depois.

Tenha Fé” é uma comédia romântica leve e divertida que conta a história de dois amigos de infância, Jake Schram (Ben Stiller) e Brian Finn (Edward Norton). Eles estão prestes a reencontrar o terceiro vértice dessa amizade que vem desde os tempos de criança, a executiva Anna (Jenna Elfman, conhecida do grande público por papeis em séries como “Dharma & Greg”). O reaparecimento dela transforma o relacionamento dos dois amigos num triângulo amoroso bastante improvável já que Jake é um rabino e Brian é um padre.

Quem conhece um pouco a trajetória pessoal e profissional de Edward Norton irá reconhecer em “Tenha Fé” vários simbolismos, como o fato da história se passar em Nova York (cidade que o ator/diretor ama e na qual vive até hoje) e a presença de Anne Bancroft como a mãe de Jake (afinal, “A Primeira Noite de um Homem” é um dos filmes favoritos de Norton). No entanto, o ponto mais importante do longa é que “Tenha Fé” é uma comédia romântica bastante simpática (apesar de apoiada em muitos clichês desse gênero), na qual Edward mostra toda a sua versatilidade (conhecida daqueles que acompanham a sua carreira como ator) e revela potencial para seguir no caminho da direção. Apesar da sua carreira como ator ter se encaminhado para escolhas mais discretas e que fogem do grande radar hollywoodiano, está provado que o lado diretor de Edward Norton está pronto para projetos mais ambiciosos e a sua volta a esse posto está até demorando demais para acontecer.

*Texto originalmente publicado no site Cinemateque, em Maio/2008.



Post Tags

Kamila Azevedo

Jornalista e Publicitária



Comentários


Na minha coleção de filmes tem três filmes que eu comprei e simplesmente abandonei:”Perdas e Danos” de Louis Malle,”Revelações” com Nicole Kidman e Anthony Hopkins e “Tenha Fê”(lembro que na capa do filme Edward Norton esta loirinho).Vou tentar assistir essa semana e ler sua critica.Kamila,eu gosto muito de Edward Norton em “Moonrise Kingdom”(ele o o Bruce Willis estão ótimos no filme de Wes Anderson).

Responder

Deixe uma resposta