bonsdebico

Bons de Bico

Comemorado em todas as quartas quintas-feiras do mês de Novembro, o Dia de Ação de Graças é um feriado celebrado nos Estados Unidos e no Canadá. Normalmente, neste dia, famílias dos dois países se reúnem, em suas residências, em igrejas ou em clubes, para demonstrarem, por meio de festas e de orações, toda a sua gratidão a Deus pelas coisas que lhes aconteceram durante o ano. O roteiro da animação “Bons de Bico”, filme dirigido e co-escrito por Jimmy Hayward, aborda justamente uma das grandes tradições desse feriado: servir peru como prato principal durante as refeições.

Apesar de ter um contexto desse tipo, que faz referência direta a um acontecimento típico da cultura de um país diferente do nosso, um dos elementos mais positivos de “Bons de Bico” é que os roteiristas conseguiram criar uma trama que dialoga com os públicos de diversos países, pois o conflito principal da animação passa por uma vontade que é compartilhada por muitos de nós, especialmente aqueles que sofrem com as pressões de seguir um destino já pré concebido para eles: o de ter a liberdade para se poder fazer o que se quer da vida, ou seja, para seguir seu próprio caminho.

Desta forma, dois perus chamados Reggie (dublado por Owen Wilson na versão original) e Jake (dublado por Woody Harrelson na versão original) descobrem uma máquina do tempo em um laboratório secreto do governo dos Estados Unidos e decidem voltar ao primeiro dia de ação de graças, lá pelos idos de 1621, de maneira a mudar o destino de todos os perus e tirá-los por completo das mesas de todas as famílias norte-americanas. Apesar da luta de Reggie e Jake ser em prol do bem comum, podemos dizer também que eles estão nessa jornada para se descobrirem e verem o seu papel no mundo e, principalmente, a responsabilidade deles perante o grupo em que eles estão inseridos.

“Bons de Bico” é um dos filmes pré-selecionados pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas para brigar por uma das indicações ao Oscar 2014 de Melhor Animação. Apesar disso, ainda não é o filme que irá levantar um pouco a moral do gênero de animação, que passa por uma fase nada inspirada. Mesmo assim, “Bons de Bico” é uma animação que tem uma mensagem muito interessante que passa pela questão de respeito aos animais - e esse é um assunto que está bastante em voga nos dias atuais. A maneira perfeita, aliás, para definir “Bons de Bico” é dizer que o longa é uma obra que tem uma consciência vegetariana, de respeito à natureza e aos seres que nela habitam.

2 comments

  1. bruno knott 23 novembro, 2013 at 19:25 Responder

    Gostei dessa expressão, Kamila… “consciência vegetariana”! hehehe… pelo seu texto, a animação não parece ser tão ruim e tive a impressão que vale a pena dar uma conferida.

Deixe uma resposta