De Olho no Oscar 2014: Melhor Filme Estrangeiro

publicado em:21/12/13 12:34 AM por: Kamila Azevedo NotíciasPrêmios

acacaposterMais uma vez o Brasil fica de fora da disputa por uma indicação à categoria de Melhor Filme Estrangeiro. Apesar dos elogios conquistados entre a crítica internacional, “O Som ao Redor”, do diretor pernambucano Kleber Mendonça Filho, ficou de fora da lista de nove filmes pré-selecionados pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (AMPAS) para a categoria de Melhor Filme Estrangeiro, no Oscar 2014.

Além de “O Som ao Redor”, outros filmes estrangeiros bem badalados ficaram de fora da lista divulgada hoje, como “Azul é a Cor Mais Quente”, de Abdellatif Kechiche; “O Passado”, de Asghar Farhadi; e “O Sonho de Wadja”, de Haifaa Al Mansour.

Confira a lista completa de pré-selecionados para o Oscar 2014 de Melhor Filme Estrangeiro:

Belgium, “The Broken Circle Breakdown,” Felix van Groeningen, director;
Bosnia and Herzegovina, “An Episode in the Life of an Iron Picker,” Danis Tanovic, director;
Cambodia, “The Missing Picture,” Rithy Panh, director;
Denmark, “The Hunt,” Thomas Vinterberg, director;
Germany, “Two Lives,” Georg Maas, director;
Hong Kong, “The Grandmaster,” Wong Kar-wai, director;
Hungary, “The Notebook,” Janos Szasz, director;
Italy, “The Great Beauty,” Paolo Sorrentino, director;
Palestine, “Omar,” Hany Abu-Assad, director.

O próximo passo do comitê de votantes da categoria é se reunir nos dias 10 e 12 de janeiro de 2014 para assistir aos filmes pré-selecionados e definir os cinco indicados finais da categoria.

Os indicados ao 86th Annual Academy Awards serão conhecidos no dia 16 de janeiro de 2014.


Post Tags

Kamila Azevedo

Jornalista e Publicitária



Comentários


Uma pena,pq o filme de Kleber Mendonça Filho é muito bom.Senti a ausência do chileno “Gloria” e vamos torcer para “Uma História de Amor e Fúria” entrar na categoria animação.”A Caça” é um filmaço,que aborda a polêmica pedofilia e a injustiça que o protagonista sofre de ser falsamente acusado de algo que ele não fez.Um dos melhores filmes que assisti em DVD em 2013 e que me parece possível nomeado ao Oscar.Os outros pré indicados eu conheço o trabalho de Wong Kar-wai “Amor à Flor da Pele”,Paolo Sorrentino “Aqui é o Meu Lugar” e Hany Abu-Assad “Paradise Now”.Vamos torcer para que todos cheguem aos cinemas brasileiros.

Responder

Pois é, pelos elogios da crítica internacional, eu fiquei surpresa por ele não estar entre os cinco indicados. Uma pena, nosso melhor filme pré-indicado desde Cidade de Deus (que curiosamente também não ficou entre os cinco finalistas da categoria, rs)

Quando aos demais não selecionados, “O Sonho de Wadja” é um filme legal, mas também não o indicaria, assim como Azul que achei muito superestimado, apesar de ser um bom filme.

Dos que vi, torço por A Caça.

Responder

Paulo, ainda não assisti a “O Som ao Redor”. Tenho que corrigir isso urgentemente. Também não assisti ainda “A Caça” e é mais um que entra na lista para se assistir. Acho que o filme do Paolo Sorrentino, com certeza, será indicado.

Amanda, eu fiquei mais surpresa com as ausências de “Azul é a cor mais quente” e “O Passado” do que com a de “O Som ao Redor”, pois acho que o momento internacional do filme do Kleber Mendonça Filho foi no ano passado, quando entrou, inclusive, em listas de melhores do ano de jornalistas norte-americanos. Tenho que assistir “A Caça”.

Responder

A ausência de “O Som ao Redor” já era aguardada, por mais que muitos acreditassem no potencial do filme diante de quase uma centena de candidatos inscritos. Os filmes que ficaram de fora e que realmente me causaram surpresa foram “O Passado” e especialmente “O Sonho de Wadjda”, um dos filmes estrangeiros mais elogiados pela imprensa americana. Entre os semifinalistas, pude assistir “A Caça”, um filme muito bom e que apresenta grandes chances de vencer, e “O Grande Mestre”, que lamentavelmente não vai muito além da beleza estética. “Alabama Monroe” anda crescendo muito a cada dia e “A Grande Beleza” é o favorito de muitos cinéfilos. Vamos ver que fim dará essa briga.

Responder

Alex, eu concordo que a ausência de “O Som ao Redor” era meio que esperada. Também fiquei muito surpresa com a ausência de “O Passado”. Ainda não assisti “A Caça”, mas acho que esse filme vai ser indicado, ao lado de “A Grande Beleza”.

Responder

Deixe uma resposta