0
Posted janeiro 30, 2014 by Kamila Azevedo in Notícias
 
 

De Olho no Oscar 2014: Melhor Canção Original

Captura de tela 2014-01-29 22.08.16Numa decisão inédita nos seus 86 anos de história, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (AMPAS) decidiu desclassificar hoje a canção “Alone Yet Not Alone“, indicada ao Oscar 2014 de Melhor Canção Original. A música, que foi escrita por Bruce Broughton e Dennis Spiegel, foi excluída da lista de indicados após a descoberta de que Broughton, membro do comitê executivo do grupo de músicos votantes do Oscar, enviou emails aos integrantes do grupo para notificá-los de sua inscrição à premiação durante o período de votação.

É importante ressaltar que, desde o anúncio da lista de indicados ao Oscar 2014, a indicação de “Alone Yet Not Alone” tem atraído muita controvérsia e contestação por parte daqueles que ficaram de fora da disputa da categoria – fato que culminou no press release divulgado hoje pela AMPAS. “Não importa o quão bem intencionada foi a comunicação. Usar uma posição privilegiada para promover pessoalmente uma inscrição ao Oscar cria a aparência de uma vantagem injusta.”, afirmou a presidente da Academia, Cheryl Boone Isaacs.

“Eu estou devastado. Fiz a campanha de base mais simples e mais idiota, que se voltou contra mim quando a música começou a atrair atenção. Eu fui levado para baixo pela concorrência que tinha meses de promoção e de publicidade por trás deles”, disse Bruce Broughton.

Com a desclassificação de “Alone Yet Not Alone”, uma outra canção não será adicionada à disputa pelo Oscar 2014 de Melhor Canção, cujos indicados, agora, são:

“Happy” from “Despicable Me 2”
Music and Lyric by Pharrell Williams

“Let It Go” from “Frozen”
Music and Lyric by Kristen Anderson-Lopez and Robert Lopez

“The Moon Song” from “Her”
Music by Karen O; Lyric by Karen O and Spike Jonze

“Ordinary Love” from “Mandela: Long Walk to Freedom”
Music by Paul Hewson, Dave Evans, Adam Clayton and Larry Mullen; Lyric by Paul Hewson