Um Balanço do Início da Temporada de Premiações

Dezembro significa o início de uma temporada que os cinéfilos adoram: a de premiações! Com o anúncio dos prêmios da crítica norte-americana e os recentes anúncios dos indicados para o 22nd Annual Screen Actors Guild Awards e para o 73rd Annual Golden Globes Awards, algumas conclusões já podem ser feitas:

1- A disputa pelo Oscar de Melhor Filme está completamente aberta. Se "Spotlight", de Tom McCarthy, leva a vantagem por ser queridinho da crítica, até o momento; temos a força técnica de "Carol", de Todd Haynes, líder da lista do Globo de Ouro com 5 indicações, e o apelo emocional de "Room", de Lenny Abrahamson, vencedor do prêmio do público no Toronto International Film Festival, que prometem oferecer uma disputa bastante equilibrada nesta categoria.

2- Cate Blanchett ("Carol"), Brie Larson ("Room") e Saoirse Ronan ("Brooklyn") podem se considerar com um pé dentro do Oscar 2016. Muito difícil as três não serem indicadas. As duas últimas vagas para a sempre fortíssima categoria de Melhor Atriz podem ser de concorrentes como Charlotte Rampling ("45 Years") e Carey Mulligan ("Sufragette"), que ainda não se firmaram nesta temporada de premiações.

3- Bryan Cranston ("Trumbo"), Leonardo DiCaprio ("The Revenant"), Michael Fassbender ("Steve Jobs") e Eddie Redmayne ("The Danish Girl") estão dentro do Oscar. Brigam pela quinta vaga na categoria de Melhor Ator: Johnny Depp ("Black Mass"), Matt Damon ("Perdido em Marte") e Will Smith ("Concussion").

4- Nas categorias de Coadjuvante, tudo parece estar muito bem definido. Entre os homens, Christian Bale ("The Big Short"), Idris Elba ("Beasts of No Nation"), Mark Rylance ("Ponte dos Espiões") e o surpreendente Michael Shannon ("99 Homes") estão com tudo! Michael Keaton ("Spotlight"), Paul Dano ("Love & Mercy") e Sylvester Stallone ("Creed") correm por fora. Já entre as mulheres, Alicia Vikander ("The Danish Girl"), Rooney Mara ("Carol"), Helen Mirren ("Trumbo") e Kate Winslet ("Steve Jobs") são apostas certas para o Oscar. Enquanto Jennifer Jason Leigh ("The Hateful Eight"), Jane Fonda ("Youth") e Rachel McAdams ("Spotlight") brigam pela quinta vaga.

Para a indústria brasileira, a excelente notícia da semana foram as indicações de "Narcos" e Wagner Moura para o Globo de Ouro. Enquanto isso, com a ausência na premiação outorgada pela Hollywood Foreign Press Association (HFPA), "Que Horas Ela Volta?", filme de Anna Muylaert, vê um pouco enfraquecidas as suas chances de acabar vencendo o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Mas, continuamos acreditando e torcendo pela indicação desse longa à premiação mais importante do cinema.

Deixe uma resposta