O Caçador e a Rainha do Gelo

publicado em:6/05/16 12:50 PM por: Kamila Azevedo Cinema

Num mundo como o nosso, polarizado entre as diferentes opiniões e crenças, uma personagem como Freva (Emily Blunt), uma das protagonistas de O Caçador e a Rainha do Gelo, filme de Cedric Nicolas-Troyan, chega a ser bastante emblemática. O prólogo da obra conta a história dela, uma mulher que foi uma vítima de um grande amor e das decepções que isso a trouxe. Em consequência disso, ela se transformou numa Rainha de Gelo, dominada pela frieza e pelo desamor diante dos outros, formando um verdadeiro exército de crianças que, quando adultas, se revelavam soldados que trabalhavam em prol de seu domínio diante das outras localidades de seu reino.

Um dos elementos mais fortes e que, durante boa parte de O Caçador e a Rainha do Gelo, fica bem subentendido durante a obra, é o domínio que a irmã de Freva, a Rainha Ravenna (Charlize Theron), possui sobre ela. Ravenna, ao contrário de Freva, que teve forjada dentro de si o ódio após a maior dor que um ser pode sentir, sempre foi ambiciosa e sempre encontrava uma maneira de conseguir extrair de cada uma das pessoas que cruzava o seu caminho aquilo que a interessava.

O mundo de Freva era um local em que o amor e a compaixão eram sentimentos impossíveis de serem alcançados. Por isso mesmo, quando dois dos seus mais habilidosos guerreiros, Eric (Chris Hemsworth) e Sara (Jessica Chastain), se apaixonam, o mundo como Freva passou a conhecê-lo, começa a ruir, pedaço por pedaço. Neste sentido, é interessante ver as diversas pontes que o roteiro escrito por Evan Spiliotopoulos e Craig Mazin fazem com diversos contos de fadas, como Branca de Neve e os Sete Anões e A Rainha da Neve.

O Caçador e a Rainha do Gelo é um filme que se destaca pela sua parte técnica, especialmente a direção de arte de Dominic Watkins e de Dominic Capon; os figurinos de Colleen Atwood e a trilha sonora original composta por James Newton Howard. Entretanto, o filme se diferencia por causa das duas atrizes que o estrela: Charlize Theron, perfeita e exagerada como Ravenna e Emily Blunt, que consegue trazer humanidade a uma vilã que nunca chega a ser verdadeiramente má. Uma pena que Jessica Chastain, uma das melhores atrizes da atualidade, seja completamente desperdiçada aqui, ficando relegada à suporte de Chris Hemsworth, que, ao lado de Theron e Sam Claflin, são os únicos atores remanescentes do filme anterior dessa série cinematográfica: Branca de Neve e o Caçador, de Rupert Sanders.

O Caçador e a Rainha do Gelo (The Huntsman: Winter’s War, 2016)
Direção: Cedric Nicolas-Troyan
Roteiro: Evan Spiliotopoulos e Craig Mazin (com base nas personagens criadas por Evan Daugherty)
Elenco: Chris Hemsworth, Charlize Theron, Jessica Chastain, Emily Blunt, Sam Claflin



Post Tags

Kamila Azevedo

Jornalista e Publicitária



Comentários


Olá Kamila! Olha, até que eu gostei do primeiro, lembro de ter me divertido com a proposta, mas também não morri de amores pelo filme a ponto de revê-lo. Nem vi esse, mas o farei pela Charlize, rs

Abs.
Rodrigo
https://cinemarodrigo.blogspot.com.br/

Responder

Rodrigo, só assisti a esse filme por causa do elenco feminino. O trio Blunt, Theron e Chastain é imperdível! Uma pena que Jessica Chastain foi um pouco desperdiçada neste filme.

Responder

Deixe uma resposta