Capitão América: Guerra Civil

Nota7
7
Reader Rating: (1 Rate)8.7

Para quem se acostumou a assistir aos grandes super-heróis da Marvel na série Vingadores, é até estranho assistir a Capitão América: Guerra Civil, filme dirigido por Anthony Russo e Joe Russo, que coloca Steve Rogers (Chris Evans) do lado oposto de Tony Stark (Robert Downey Jr.). Entretanto, para aqueles que são mais familiarizados com o universo das histórias em quadrinhos nas quais estas personagens se encontram, a trama do longa não se revela estranha, na medida em que Guerra Civil é baseada numa série lançada pela Marvel nos anos de 2006 e 2007, e que traziam grandes combates entre as personagens mais famosas desse selo.

Tendo dito isso, é importante saber que a trama de Capitão América: Guerra Civil dialoga também com os filmes anteriores da franquia estrelada por Steve Rogers, especialmente o relacionamento dele com o grande amigo Bucky Barnes (Sebastian Stan), o Soldado Invernal, que faz com que ele acabe ficando contra Tony Stark e alguns dos seus novos amigos mais próximos, como Natasha Romanoff (Scarlett Johansson), Clint Barton (Jeremy Renner) e o Tenente James Rhodes (Don Cheadle).

Ou seja, é o sentimento de lealdade que permeia Capitão América: Guerra Civil. Steve Rogers pagará um preço alto por ser fiel a um amigo antigo, em detrimento de seus amigos mais novos, com quem ele (também) compartilhou grandes feitos e atos heroicos. O conflito interno vivido por Rogers é ainda mais enfatizado pela subtrama do filme, que coloca um órgão de fiscalização à ação dos Vingadores, o que deixa em risco a finalidade deles de defender a humanidade. Tony Stark representa o lado do governo, enquanto que Rogers se mantém firme na defesa do lado romântico dos heróis, que salvam os humanos de grandes perigos.

Por isso mesmo, quando os momentos de divisão entre os dois grupos estão mais claros, é que se tem a sensação de que Capitão América: Guerra Civil é um mini Vingadores, especialmente porque, em tela, passam várias personagens comuns a este universo, da mesma maneira em que ainda nos são introduzidos personagens que poderiam muito bem fazer parte desta turma, como o Homem-Aranha (agora interpretado pelo jovem Tom Holland, numa caracterização mais fiel aos quadrinhos, com um Peter Parker mais irônico, com um senso de humor mais peculiar), o Pantera Negra (Chadwick Boseman) e o Homem-Formiga (Paul Rudd), o que faz com que o longa dirigido pelos irmãos Russo não fique devendo em nada ao que é produzido na franquia all-star da Marvel. Capitão América: Guerra Civil é um grande evento cinematográfico.

Capitão América: Guerra Civil (Captain America: Civil War, 2016)
Direção: Anthony Russo e Joe Russo
Roteiro: Christopher Markus e Stephen McFeely (com base nos quadrinhos escritos por Mark Millar e nas personagens criadas por Joe Simon e Jack Kirby)
Elenco: Chris Evans, Robert Downey Jr., Scarlett Johansson, Sebastian Stan, Anthony Mackie, Don Cheadle, Chadwick Boseman, Paul Bettany, Elizabeth Olsen, Paul Rudd, Emily VanCamp, Paul Bettany, Tom Holland, Daniel Brühl, William Hurt, Martin Freeman, Marisa Tomei, Hope Davis, John Slattery, Alfre Woodward

Deixe uma resposta