O Dia do Atentado

Nota6
6
Reader Rating: (0 Rates)0

Há de se pensar que, após os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001, os Estados Unidos tenham aprendido a lidar com situações desse tipo. O Dia do Atentado, filme dirigido e co-escrito por Peter Berg, nos mostra justamente o contrário: quando, no dia 15 de abril de 2013, durante a Maratona de Boston, ocorreram duas explosões a poucos metros da linha de chegada do evento; a verdade é que, apesar de todos os erros cometidos pelos autores do ataque, a polícia local e o FBI bateram muita cabeça até o momento em que todo o incidente foi esclarecido e seus idealizadores foram capturados.

O filme nos coloca no Patriots’ Day, feriado estadual que celebra o aniversário das batalhas de Lexington e de Concord. A Maratona de Boston é um evento tradicional que ocorre em comemoração a esse feriado e reúne cerca de 40 mil participantes todo ano. Naquele 15 de abril de 2013, somos confrontados com as histórias de várias personagens que terão papel importante para o desenrolar dos acontecimentos. Entretanto, o foco principal fica sempre na figura do Sargento Tommy Saunders (Mark Wahlberg), que está passando por um momento profissional difícil e recebe a missão de supervisionar o trabalho dos guardas na linha de chegada da Maratona que acontecerá daqui a algumas horas.

Quando o atentado acontece, é responsabilidade de Tommy e sua equipe fazer o combate inicial e tomar as primeiras providências em relação à cena. Após a chegada do Agente Richard DesLauries (Kevin Bacon), o FBI começa a supervisionar a investigação e a caçada pelos responsáveis pelo ato, os irmãos Dzhokhar e Tamerlan Tsarnaev (Alex Wolff e Themo Melikidze, respectivamente). Resumidamente, o que O Dia do Atentado nos mostra, aqui, é uma dupla de terroristas despreparada emocionalmente e uma equipe de investigação que atua com extrema cautela e que comete erros bobos – especialmente no processo de decisão de divulgação das fotos dos suspeitos e no tiroteio ocorrido em Watertown.

O que se sobressai em O Dia do Atentado é o excelente trabalho de montagem feito por Gabriel Fleming e Colby Parker Jr., que, de maneira ágil, consegue entrelaçar bem as diversas linhas narrativas que se encontram em tela – uma marca, aliás, do cinema feito por Peter Berg. Entretanto, o filme força um pouco a barra com a mensagem de amor e união que surge de um ato de extremo ódio e intolerância – e que resultou na criação do slogan “Boston Strong”, que foi parte da reação da população da cidade aos atentados. A inserção paulatina desta mensagem teria sido muito mais eficiente do que a maneira abrupta com a qual Peter Berg insere esse contexto dentro de seu longa.

O Dia do Atentado (Patriots Day, 2016)
Direção: Peter Berg
Roteiro: Peter Berg, Matt Cook e Joshua Zetumer (com base na história de Peter Berg, Matt Cook, Paul Tamasy e Eric Johnson)
Elenco: Mark Wahlberg, John Goodman, Michelle Monaghan, Melissa Benoist, Alex Wolff, Themo Melikidze, J.K. Simmons, Michael Beach, Billy Smith, Kevin Bacon, John Folger

2 comments

Deixe uma resposta