>Cannes Film Festival 2008 - Estréia de "The Exchange"

>

Esqueça “Changeling”. Agora, o novo filme de Clint Eastwood atende pelo nome de “The Exchange”. Estréia do dia de hoje no Festival de Cinema de Cannes, o filme estrelado por Angelina Jolie é inspirado em fatos reais e sua história começa com o desaparecimento de um garotinho. No entanto, os críticos que já assistiram ao filme são quase unânimes em afirmar que “The Exchange” é um longa que passa por caminhos muito mais tortuosos do que a sua trama indica.

Um jornalista britânico que foi citado no blog Hollywood Elsewhere afirma que “The Exchange” é “um filme longo, mas é muito forte e comovente. Não existe um ponto fraco em todo o filme”. O jornalista ainda destaca as atuações de Angelina Jolie (“muito, muito boa”) e de John Malkovich e aponta Clint Eastwood como o favorito para levar o prêmio de Melhor Diretor no Festival.

Já Todd McCarthy, da Variety, diz que “uma dúzia de diretores ofereceriam diferentes maneiras de abordagem para o mesmo material – sensacionalista, melodramática, entre outras. Talvez, a melhor maneira para descrever a abordagem de Eastwood é que ele é muito atento – aos elementos centrais da história, com certeza, mas também a alternância entre o público e o privado, a arbitrariedade da vida e da morte, os modos distintos em que diferentes pessoas enxergam as mesmas coisas, o comportamento destrutivo de alguns adultos perto das crianças e a qualidade de vida na Califórnia na época em que ele mesmo tinha nascido”.

Parece que, com “The Exchange”, temos um grande favorito não só à Palma de Ouro em Cannes, como também à temporada de premiações 2008-2009.

PS: Lembrando que o Blog do Vinícius faz a cobertura completa do Festival de Cinema de Cannes.

Deixe uma resposta