>O Melhor Amigo da Noiva (Made of Honor, 2008)

>

Em 1997, após vários fracassos de crítica e de bilheteria, a atriz Julia Roberts voltou à lista das grandes estrelas de Hollywood por causa de um filme sem pretensões chamado “O Casamento do Meu Melhor Amigo”, do diretor australiano P.J. Hogan. No longa, Roberts interpretava uma mulher que, depois de anos sem encontrar seu melhor amigo (Dermot Mulroney), recebe um contato dele anunciando o casamento com uma mulher (Cameron Diaz) aparentemente perfeita. Como a personagem de Roberts sempre foi apaixonada pelo melhor amigo, decide aproveitar a proximidade do posto que irá exercer (madrinha da noiva) para tentar desmarcar a união.

A obra “O Melhor Amigo da Noiva”, do diretor Paul Weiland, é quase que um plágio dessa idéia. O milionário bon-vivant Tom (Patrick Dempsey, do seriado “Grey’s Anatomy”) é o melhor amigo, há mais de dez anos, da adorável Claire (Michelle Monaghan). Quando ela viaja a trabalho para a Escócia, Tom se descobre apaixonado pela amiga e decide contar a verdade para Claire quando ela voltar. No entanto, a surpresa vem quando a garota volta da Escócia de casamento marcado com Colin McMurray (Kevin McKidd, do seriado “Rome”), um homem rico e de uma família de duques. Assim como a personagem de Julia Roberts, em “O Casamento do Meu Melhor Amigo”, Tom servirá de “madrinha” da noiva e vai tentar acabar com o casamento a qualquer custo.

O roteiro de Adam Sztykiel, Deborah Kaplan e Harry Elfont, apesar de claramente influenciado pelo filme de P.J. Hogan, adiciona um elemento totalmente original a esta trama. No decorrer de “O Melhor Amigo da Noiva”, encontraremos várias piadas que fazem algum tipo de referência sexual – desde o começo com a festa a fantasia em que "Bill Clinton" vai atrás da sua "Monica Lewinsky" até chegar às brincadeiras a respeito da sexualidade da “madrinha” Tom. E o melhor de tudo é que o filme nunca cai na baixaria. Tudo é apresentado de uma maneira muito sutil.

Cotação: 6,5

O Melhor Amigo da Noiva (Made of Honor, EUA, Inglaterra, 2008)
Diretor(es): Paul Weiland
Roteirista(s): Adam Sztykiel, Deborah Kaplan, Harry Elfont
Elenco: Patrick Dempsey, Michelle Monaghan, Kevin McKidd, Kadeem Hardison, Chris Messina, Richmond Arquette, Busy Philipps, Whitney Cummings, Emily Nelson, Kathleen Quinlan, Selma Stern, Sydney Pollack, James Sikking, Kevin Sussman, Beau Garrett

P.S.: O nosso post fica como homenagem ao diretor, produtor e ator Sydney Pollack, que faleceu no dia de hoje, aos 73 anos.

Deixe uma resposta