Apresentando: Carey Mulligan

Esta é a nova seção do Cinéfila por Natureza, na qual falaremos, de vez em quando, sobre os nomes os quais devemos prestar atenção no corrente ano cinematográfico. Para começar, vamos falar de Carey Mulligan, atriz inglesa de 23 anos e que estreou na profissão como uma das irmãs Bennett, em "Orgulho e Preconceito", de Joe Wright.

2009 promete ser o ano em que a carreira dela irá desabrochar por completo. No Festival de Cinema de Sundance, Carey Mulligan foi considerada o grande nome do evento, com o lançamento de dois filmes: "The Greatest", de Shana Feste, e "An Education", de Lone Scherfig. Por este último, no qual interpreta uma adolescente que se vê envolvida em um romance com um homem mais velho (Peter Sarsgaard), Carey vem sendo considerada como uma forte possibilidade de indicação ao Oscar 2010 de Melhor Atriz - como bem disse o amigo Vinícius, do Blog do Vinícius, "ela já é citada nas listas de um total de 5 entre 5 pessoas especializadas na premiação".

Se você acha que 2 filmes são mais que suficientes, fique sabendo que Carey Mulligan ainda tem mais dois projetos importantes na agulha para o ano de 2009: em "Public Enemies", ela tem um papel breve: a namorada de John Dillinger (Johnny Depp); e, em "Brothers", de Jim Sheridan, ela estará ao lado de Natalie Portman, Jake Gyllenhaal, Tobey Maguire e Sam Shepard.

Portanto, conheçam Carey Mulligan e guardem bem este rosto!

21 comments

  1. Ciro 14 abril, 2009 at 02:23 Responder

    Não conhecia ela. Vi Desejo e Reparação, mas não lembro dela. Pela foto parece uma mistura de Maggie Gyllenhaal com Michelle Williams hehe.

    Beijos!

  2. Hugo 14 abril, 2009 at 02:43 Responder

    Assisti “Orgulho e Preconceito” mas não me lembrava dela pelo nome. É mais promessa do cinema, vamos ver se consegue fazer uma carreira.

    Bjos

  3. luis galvao 14 abril, 2009 at 02:50 Responder

    estava revendo orgulho e preconceito e me lembrei dela. algo me chamou a atenção dessa segunda vez que eu assistir o filme, não sei se depois de ter lido esses elogios à ela, a sua personagem pequena saltou da tela. foi muito legal, tipo, as irmãs não chamam muita a atenção, mas ao olhar pra ela, lá no fundo da cena, vê-se comprometimento com a obra. isso é um ótimo passo pra um futuro brilhante

  4. louisvidovix 14 abril, 2009 at 03:15 Responder

    Prazer. Louis.
    Ha! Não me lembrava dela de Orgulho e Preconceito. Mas é bonitinha (lembra Michelle Williams né?) e o Oscar adora uma cara nova!
    Beijo!

  5. Otavio Almeida 14 abril, 2009 at 03:22 Responder

    Legal! Gostei da nova seção, Kamilinha! Vou acompanhar as caras novas por aqui. Ah, o que achou de “Traídos Pelo Destino”? Acho que vale pelo elenco, pq é meio Supercine…

    Bjs!

  6. Dewonny 14 abril, 2009 at 13:43 Responder

    Olá Kamila!
    Muito legal essa sessão do blog!
    Ñ lembrava dessa atriz do filme “Orgulho e Preconceito” q assisti e adorei, já dei uma pesquisada na filmografia da moça no imdb e realmente ela aparece em títulos interessantes a serem lançados no futuro!
    Bjo! Diego!

  7. Weiner 14 abril, 2009 at 20:38 Responder

    Boa escolha para inaugurar esta seção – pena que premiações como o Oscar sejam tão quadradas, aponto de indicar sim, um novo e talentoso rosto, mas dificilmente o premiam.
    Além de lindinha ela tem um belo trajeto a percorrer, hein? Quantos filmes legais!
    Um beijo!

  8. Mayara Bastos 14 abril, 2009 at 21:37 Responder

    Olá, Kamila! Tudo bem?

    Primeiramente, parabéns pela seção. È uma boa iniciativa para conhecermos nomes bem promissores. E a Carey parece promissora mesmo, aliás, estou anciosa para conferir “An Education”. E não lembrava dela em “Orgulho e Preconceito”.

    Beijos e tenha uma ótima semana! 😉

  9. Kamila 15 abril, 2009 at 02:36 Responder

    Ciro, agora que você comentou, a Carey é mesmo uma mistura de Michelle Williams com Maggie Gyllenhaal. 🙂 Beijos!

    Hugo, ela fez a Kitty, uma das irmãs mais novas e estamos na torcida para que ela consiga fazer uma bela carreira. Beijos!

    Luís, acho que a Carey e a Jena Malone fizeram uma belíssima dupla em “Orgulho e Preconceito”. Elas me fizeram rir bastante no filme.

    Cleber, fique de olho mesmo. Beijos!

    Louis, exatamente! E a Carey tem tudo para ser o rosto novo de 2009. Beijo!

    Otavio, o elenco, de longe, foi a melhor coisa de “Traídos pelo Destino”. Beijos!

    Red Dust, tenho certeza de que 2009 será o lançamento definitivo da Carey. Beijos!

    Diego, é justamente este o sentido desta seção. Fazer com que a gente se interesse pelos atores e atrizes que serão citados nela. Beijos!

    Jeniss, não seja relutante. Por “An Education”, a Carey só conquistou críticas positivas. Abraço!

    Cassiano, eu não tinha notado a semelhança com Michelle Williams até vocês a mencionarem.

    Weiner, exatamente. Acho que, recentemente, somente Hilary Swank e Marion Cotillard conquistaram um Oscar mesmo sendo totalmente desconhecidas e em seus primeiros papéis de destaque. A Carey tem um longo caminho a percorrer e uma campanha árdua a fazer, se quiser mesmo vencer um Oscar. Beijo!

    Mayara, tudo bem, obrigada. E com você? Obrigada! Como disse ali em cima, a Carey fez a Kitty em “Orgulho e Preconceito”. Beijos e uma ótima semana!

  10. Romeika 15 abril, 2009 at 15:13 Responder

    Kamila, nao conhecia a atriz pelo nome, nem me lembrava dela em orgulho e preconceito. Mas acho q isso vai mudar, afinal, ela esta em dois filmes q quero muito ver, brothers e public enemies (namorada de Depp, q sortuda!kkkkkkkkkkkk). Esta diretora de “an education”, se nao me engano eh dinamarquesa. Gostei da nova secao:-)

  11. Kamila 16 abril, 2009 at 00:01 Responder

    Romeika, obrigada! Não conheço a diretora de “An Education”, mas o nome dela é, definitivamente, bem europeu. Acho que ela deve ser dessas bandas… 🙂

  12. Vinícius P. 16 abril, 2009 at 03:03 Responder

    Antes de mais nada, obrigado pela citação! Quanto à Carey Mulligan, confesso que nunca tinha ouvido falar da atriz antes desses primeiros rumores quanto à uma possível indicação para o Oscar, algo que espero que ocorra – afinal sempre é muito bacana ver jovens atrizes sendo indicadas.

    • Kamila 10 setembro, 2009 at 22:52 Responder

      Vinícius, de nada! 🙂 Concordo contigo. É sempre bacana ver jovens atrizews reconhecidas pelo Oscar.

      Naty, discordo!!!! Já vi que você é fã do Shia! 🙂

Deixe uma resposta