Terremoto: A Falha de San Andreas

Nota7
7
Reader Rating: (0 Rates)0

Um dos maiores mitos da humanidade é a crença na possibilidade de que, um dia, o mundo poderá acabar. Se, um dia, isso realmente acontecer, poderá ser decorrente daquilo que os cientistas chamam de Falha de San Andreas, uma falha geológica que se prolonga por cerca de 1290 km através do Estado da Califórnia, nos Estados Unidos. Um abalo sísmico ocorrido nessa área pode causar grandes e devastadoras destruições. O filme “Terremoto: A Falha de San Andreas”, dirigido por Brad Peyton, aborda uma trama que mexe diretamente com essa possibilidade.

Como um bom filme-catástrofe, “Terremoto: A Falha de San Andreas” começa contextualizando as personagens que irão ter seus destinos mexidos com o acidente geológico que ocorrerá no decorrer do longa. O mais importante é você prestar atenção no núcleo familiar composto pelo bombeiro Ray (Dwayne Johnson), pela sua ex-mulher Emma (Carla Gugino) e pela filha deles Blake (Alexandra Daddario).

Quando o terremoto começa a atingir toda a Califórnia, Ray, Emma e Blake estarão em cidades diferentes. Ele, a caminho de Las Vegas, onde irá resgatar vítimas do primeiro terremoto notado na região. Ela, em Los Angeles, conhecendo a sua futura cunhada (interpretada pela cantora Kylie Minogue). E a filha em San Francisco, acompanhando o futuro padrasto em uma viagem de trabalho. Para defender e resgatar as mulheres de sua vida, Ray irá abandonar tudo e embarcar numa viagem que nos mostra o potencial autodestrutivo que a falha à qual o título do filme faz referência possui.

“Terremoto: A Falha de San Andreas” é um filme agoniante. O espectador não é poupado de nada. No decorrer dos 114 minutos de duração do longa, assistimos às piores catástrofes acontecendo, as quais nos revelam a fragilidade da vida humana e como somos pequenos diante da grandeza da natureza. Brad Peyton consegue construir um filme que cumpre o seu papel e que nos faz importar de verdade com o destino dessa família e das personagens que acabam surgindo no caminho deles, nessa jornada. Esse é um blockbuster, na acepção mais clássica da palavra, como há muito tempo não era produzido pelo cinema norte-americano.

Terremoto: A Falha de San Andreas (San Andreas, 2015)
Direção: Brad Peyton
Roteiro: Carlton Cuse (com base na história de Andre Fabrizio e Jeremy Passmore)
Elenco: Dwayne Johnson, Carla Gugino, Alexandra Daddario, Ioan Gruffudd, Archie Panjabi, Paul Giamatti, Hugo Johnstone-Burt, Kyle Minogue

2 comments

Deixe uma resposta para Amanda Aouad Cancelar resposta