Os Vencedores do SAG Awards 2017

A 23ª edição do Screen Actors Guild Awards teria sido uma premiação extremamente monótona, já que os vencedores esperados (Emma Stone, Mahershala Ali e Viola Davis) estavam se confirmando, se não fosse por um pequeno fato.

Quando Brie Larson subiu ao palco e começou a anunciar os indicados na categoria de Melhor Ator, a apatia da plateia ao nome de Casey Affleck (que, apesar do favoritismo ao Oscar da categoria, tem sido alvo de uma campanha – ainda que a mesma não tenha tido grande repercussão – contra as acusações de assédio sexual a colegas de trabalho que ele enfrentou no passado) chamou a atenção.

Isso seria um indicativo do que viria pela frente: o anúncio de Denzel Washington como o vencedor da categoria, pela sua atuação em Um Limite Entre Nós, filme que ele também dirigiu. A vitória de Denzel dá o elemento surpresa que o Oscar tanto precisa para não chegarmos na noite mais importante do cinema com a sensação de que todas as categorias já estão totalmente definidas. Além disso, mostra a rejeição dos colegas de profissão (aqui, faz-se necessário um adendo, já que o SAG, como o Oscar, é um prêmio de indústria) a um ator que, apesar de aclamado pela crítica, tem essa mancha ainda não bem explicada em sua biografia.

A vitória de Estrelas Além do Tempo em Melhor Elenco, também foi uma grande surpresa da noite. Revelou, mais do que nunca, que o favoritismo de La La Land: Cantando Estações ao Oscar de Melhor Filme é incontestável! Teríamos um pouco mais de suspense caso tivesse sido confirmada a previsão da vitória de Moonlight: Sob a Luz do Luar nessa categoria - o que não ocorreu.

Eis os vencedores do SAG Awards 2017:

Outstanding Performance by a Male Actor in a Leading Role: Denzel Washington, Um Limite Entre Nós
Outstanding Performance by a Female Actor in a Leading Role: Emma Stone, La La Land: Cantando Estações
Outstanding Performance by a Male Actor in a Supporting Role: Mahershala Ali, Moonlight: Sob a Luz do Luar
Outstanding Performance by a Female Actor in a Supporting Role: Viola Davis, Um Limite Entre Nós
Outstanding Performance by a Cast in a Motion Picture: Estrelas Além do Tempo

Outstanding Performance by a Male Actor in a Television Movie or Limited Series: Bryan Cranston, All the Way
Outstanding Performance by a Female Actor in a Television Movie or Limited Series: Sarah Paulson, The People v O.J. Simpson: American Crime Story
Oustanding Performance by a Male Actor in a Drama Series: John Lithgow, The Crown
Outstanding Performance by a Female Actor in a Drama Series: Claire Foy, The Crown
Outstanding Performance by a Male Actor in a Comedy Series: William H. Macy, Shameless
Outstanding Performance by a Female Actor in a Comedy Series: Julia Louis-Dreyfus, Veep
Outstanding Performance by an Ensemble in a Drama Series: Stranger Things
Outstanding Performance by an Ensemble in a Comedy Series: Orange is the New Black

Outstanding Action Performance by a Stunt Ensemble in a Motion Picture: Até o Último Homem
Outstanding Action Performance by a Stunt Ensemble in a Comedy or Drama Series: Game of Thrones

Lifetime Achievement Award: Lily Tomlin

O 23rd Annual Screen Actors Guild Awards será transmitido amanhã, dia 30 de janeiro, às 22h30, no TNT.

10 comments

  1. Paulo Ricardo 30 janeiro, 2017 at 04:38 Responder

    Foi uma grande surpresa a vitória de Denzel Washington.A categoria atuação está bem definida em atriz coadj e ator coadj,mas nas principais a disputa fica entre Denzel vc Casell Emma Stone vs Natalie Portman (com Isabelle Huppert correndo por fora).Mas ao contrário de outros anos em que tivemos disputadas acirradas “Boyhood vs Birdman”, “Gravidade vs 12 Anos de Escravidão”, “Hugo Cabret vs O Artista” esse ano parece que o prêmio principal é de “La La Land”.

    • Kamila Azevedo 31 janeiro, 2017 at 10:55 Responder

      Paulo, não acho que Melhor Atriz ainda esteja indefinido. Me parece que a vitória da Emma Stone está bem encaminhada. Se tivermos alguma surpresa no Oscar, aposto numa vitória de Isabelle Huppert em Melhor Atriz, mas ainda acho esse um cenário complicado, pois os votantes da AMPAS, historicamente, gostam de premiar atrizes jovens nessa categoria.

      Em relação ao embate Denzel x Casey, acredito que, mesmo com a vitória de Washington no SAG, Casey Affleck ainda tem a dianteira para o Oscar.

  2. Amanda Aouad 30 janeiro, 2017 at 22:13 Responder

    Depois que Spotlight ganhou ano passado, eu não aposto todas as fichas em filme nenhum, ainda que concorde com o favoritismo de La La Land, rs.

    Denzel Washington foi mesmo a grata surpresa da noite. E gostei do reconhecimento a Estrelas Além do Tempo, parece que esse ano eles deram o prêmio de fato ao melhor elenco e não como um simbólico “melhor filme”, além do trio principal, lembremos que Mahershala Ali está no filme, além de outros nomes de destaque como Kevin Costner e Kirsten Dunst.

    • Kamila Azevedo 31 janeiro, 2017 at 10:53 Responder

      Amanda, mas o cenário no ano passado era diferente. “Spotlight” e “A Grande Aposta” vinham numa disputa equilibrada, em que realmente não tínhamos como prever quem ganharia. Nesse ano, o favoritismo de “La La Land” tem sido indiscutível… Se “Moonlight” tivesse vencido em Melhor Elenco, poderíamos pensar no equilíbrio na disputa pelo Oscar de Melhor Filme, mas, infelizmente, não foi o caso.

      Não assisti ainda a “Estrelas Além do Tempo”, mas concordo com o seu raciocínio. O SAG, neste ano, privilegiou mesmo o Melhor Elenco, já que o grupo de atores desse filme é bem diverso e composto por atores de ótima qualidade.

  3. Lucas Alves de Oliveira 31 janeiro, 2017 at 03:59 Responder

    Denzel venceu o SAG!?! Nossa, surpreendente hein! Realmente, salvou o SAG do marasmo. E sua observação sobre a derrota do Casey foi interessantíssima! Bem, pelo menos agora tem algum suspense p/ o Oscar de ator. Será que tem como eu me iludir com um carequinha dourado p/ o Gosling? Nem falo tanto por La La Land, mas sim pela filmografia que curto muito – Drive, Namorados para Sempre, Cálculo Mortal, A Garota Ideal, por aí vai, lista grande.

    • Kamila Azevedo 31 janeiro, 2017 at 10:50 Responder

      Lucas, acho difícil o Gosling vencer o Oscar de Melhor Ator, pois acredito que a disputa, agora, está dividida entre o Casey Affleck e o Denzel Washington. Gosling é um ótimo ator e merece o reconhecimento que tem tido, mas acho que o Oscar ainda não vem pra ele.

  4. Valmir Santos 31 janeiro, 2017 at 12:59 Responder

    Fiquei feliz por DENZEL Washington ter sido o ganhador de prêmio, pois seu talento como ator é inquestionável !!!
    E o filme retrata as lutas e dificuldade pela qual passam os negros num pais onde as relações são controladas pelo governo.

    • Kamila Azevedo 5 fevereiro, 2017 at 23:14 Responder

      Brenno, assisti a “Estrelas Além do Tempo” ontem e adorei o filme, bem como o elenco. Achei todas ótimas! Mas, eu não esperava que esse filme fosse vencer o SAG de Melhor Elenco, e sim “Moonlight”.

Deixe uma resposta