Um Limite Entre Nós

Nota6.5
6.5
Reader Rating: (0 Rates)0

Baseado na aclamada peça teatral escrita por August Wilson (que também fez a adaptação cinematográfica do texto) e vencedora do Pulitzer Prize for Drama e do Tony Award de Melhor Peça, Um Limite Entre Nós, filme dirigido e estrelado pelo ator Denzel Washington, mantém a essência teatral do texto, na medida em que sua força maior vem dos diálogos e das palavras escritas por Wilson.

O filme se passa na década de 50 e acompanha o relacionamento entre uma família afro-americana, que vive num bairro proletário e que se depara com os desafios de ser um negro naquela conjuntura histórica. O patriarca, Troy Maxson (Denzel Washington), é alguém cujos sonhos foram tolhidos pela falta de oportunidade que era dada aos negros norte-americanos. Entender isso é fundamental para compreender a relação que ele estabelece com o filho Cory (Jovan Adepo), um atleta em ascensão e que, ao mesmo tempo, é reprimido em casa pelas experiências frustradas do pai – que, curiosamente, não vai permitir que ele agarre as oportunidades de crescimento que se apresentam para ele.

Uma outra dinâmica importante do filme é a que se estabelece entre Troy e a sua esposa Rose (Viola Davis, em atuação vencedora do Oscar 2017 de Melhor Atriz Coadjuvante). Ela oferece o contraponto necessário na relação deles com o filho Cory. Ela representa o amor, o perdão, a resiliência e a fé num futuro melhor para todos eles. É justamente nas interações entre eles que o lado mais positivo de Troy aparece.

Um Limite Entre Nós é um filme que se desenvolve de uma maneira bem interessante. O longa começa com uma verborragia sem fim, em que Troy tenta – forçosamente – parecer engraçado, quando ele não tem nada disso dentro dele. A história vai se encontrando na medida em ela se desenrola para nós da plateia e seu cerne central encontra-se na figura de Troy, um homem que é a representação exata de uma criação dura, o produto fiel de uma realidade inóspita e que aprendeu, da maneira mais difícil, quais eram as suas responsabilidades como homem e pai de família. Na sua cegueira diante do papel que exerce, ele se impede de enxergar as mudanças ao seu redor e de ter compaixão por aqueles que mais o amam. Essa é uma lição que a teimosia de Troy não vai deixá-lo aprender, mas que vai ser de muita valia para aqueles que estão ao seu redor.

Um Limite Entre Nós (Fences, 2016)
Direção: Denzel Washington
Roteiro: August Wilson (com base na peça de sua autoria)
Elenco: Denzel Washington, Viola Davis, Stephen Henderson, Jovan Adepo, Russell Hornsby, Mykelti Williamson, Saniyya Sidney

Indicações ao Oscar 2017
Melhor Atriz Coadjuvante – Viola Davis – VENCEDORA!
Melhor Filme
Melhor Ator – Denzel Washington
Melhor Roteiro Adaptado – August Wilson

2 comments

Deixe uma resposta