logo

Long Shot | Resenha Crítica

publicado em:25/10/18 1:02 PM por: Kamila Azevedo Filmes

Na língua inglesa, a expressão “long shot” significa azarão ou caracteriza também aquela situação em que você dá um “tiro no escuro”, com poucas chances de sucesso. Sabendo disso, faz todo o sentido o fato do documentário de curta-metragem dirigido por Jacob LaMendola ter este nome. Baseado em uma história real, Long Shot nos coloca em contato com a narrativa da vida de Juan Catalan, que, em 2004, foi preso injustamente pelo assassinato de Martha Puebla, uma jovem de 16 anos que, meses antes, tinha testemunhado contra o irmão de Juan num caso de um tiroteio.

Desde o primeiro momento em que foi preso, Juan Catalan declarou a sua inocência e que estava sendo preso por um crime que não cometeu. Contra ele, o depoimento de uma testemunha ocular, que ocasionou a produção de um retrato falado idêntico à sua aparência física. A favor dele, o fato de que ele tinha um álibi para o dia em que o assassinato ocorreu: na noite do crime, ele estava presente, com sua filha de 6 anos e um grupo de amigos, num jogo de beisebol, do time Los Angeles Dodgers.

Seria fácil provar a inocência dele, né? Long Shot nos mostra que não. Apesar de estar focado na história de Juan Catalan, o documentário também tem como ponto principal o trabalho exaustivo do advogado de Juan, Todd Melnik, para atestar a inocência de seu cliente. Para poder provar que Catalan estava no jogo de beisebol, Melnik começou uma verdadeira caçada em busca das imagens da partida, tanto junto à cobertura oficial dos Dodgers, como também por meio de uma descoberta fascinante: a de que, no dia daquela partida, a que Juan havia comparecido, uma equipe da HBO estava gravando cenas no local para a série Curb Your Enthusiasm.

O “long shot” do título faz justamente referência às chances que Melnik tinha de encontrar imagens que correspondessem a Juan naquelas fitas. Se existe uma coisa que eu aprendi, ao longo da minha vida, é que nada acontece por acaso. A equipe de filmagem da HBO tinha que estar ali naquele momento, filmando próximo às cadeiras de Juan Catalan, para que as imagens pudessem ajudar a corrigir um erro que seria fundamental para o curso da existência de Juan, de seus familiares e das pessoas que ele amava – bem como da família da vítima Martha Puebla, que, caso a inocência de Catalan não fosse comprovada, com certeza, não teria a verdadeira identidade do assassino de Martha descoberta.

Long Shot retrata uma dessas histórias que são fantásticas e que, se não estivessem sendo compartilhadas conosco com a riqueza de depoimentos que possui, nós nunca acreditaríamos que ela fosse verdade. A reflexão final que o filme faz, com uma série de questionamentos iniciados com a palavra “e se…” só fazem reforçar o fato de que tudo que acontece conosco faz parte de uma grande conspiração do universo. Como eu disse mais acima, nada acontece por acaso… Nada mesmo!

Long Shot (2017)
Direção: Jacob LaMendola
Com: Juan Catalan, Melissa Catalan, Larry David, Leslie Dunn, Sam Fernandez, Todd Melnik



Post Tags

Jornalista e Publicitária


Comentários



Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.